É campismo selvagem permitidos na Portugal?

Não, em Portugal o acampamento selvagem e de pé livre com o campista não é oficialmente permitido. Mas se você se comportar calmamente e seguir algumas dicas, isso será tolerado.

Última pesquisa: Primavera 2020

Especialmente na época alta e nas zonas turísticas populares, o campismo selvagem e a liberdade de permanência são proibidos em Portugal. Embora a lei sobre este assunto esteja formulada de forma relativamente clara, as leis não são categoricamente aplicadas. Se for apanhado, muitas vezes só é pronunciada uma proibição de lugares, mas podem ser aplicadas sanções até 250 €.

Se você se ater às regras gerais de conduta para acampamento selvagem, isto será tolerado. Além disso, você deve considerar as seguintes coisas:

  • Na baixa estação, o campismo selvagem é mais tolerado.
  • No interior, você normalmente encontrará um proprietário particular que permite acampar por uma noite.
  • Fique longe de praias turísticas populares

Você deve especialmente evitar reservas naturais e parques naturais, já que as penalidades aqui são maiores do que em outras áreas. Por vezes, são devidos até 2000 €.

Terreno em Portugal
Terreno em Portugal
Acampamento selvagem à beira-mar
Acampamento selvagem à beira-mar

Dicas e truques para campismo selvagem na Portugal

Portugal está a tornar-se cada vez mais um destino turístico popular, especialmente entre os campistas. A idéia de ser despertado pelo som do mar e dos raios solares está atraindo mais e mais pessoas a cada ano. Mas o aumento do número de campistas também tem desvantagens. Especialmente nas praias, os wildcampers estão a ser tratados de forma mais dura, uma vez que existem frequentemente grandes grupos e os residentes sentem-se perturbados. Se você prestar atenção a algumas coisas, no entanto, o campismo selvagem continuará a ser tolerado pelas autoridades e moradores locais.

Pedágio
Se estiver na auto-estrada em Portugal com a sua autocaravana ou autocaravana tem de pagar portagens. Se você tiver que pagar pedágio eletrônico, você pode ver um sinal azul com "pedágio eletrônico somente". Basicamente, há três maneiras de pagar portagens.

  1. na maioria das áreas você pode pagar o pedágio em um caixa normal.
  2. com portagens electrónicas, pode pedir emprestado um dispositivo de portagem que tem de levar no carro e que comunica os custos da portagem à praça de portagem. Você pode emprestar uma caixa pré-paga, armazenar os detalhes do seu cartão de crédito para que o pagamento seja automático ou pagar dentro de cinco dias em uma loja de pagamento.
  3. Outra opção é comprar cartões pré-pagos como EASYtoll, TollService e TollCard. Estes têm períodos de validade diferentes, desde três dias até um ano, e devem ser transportados no veículo para poderem ser apresentados nos controlos. Estes cartões estão ligados à chapa de matrícula do veículo.

Comportar-se discretamente
Basicamente, os portugueses são muito simpáticos com os campistas. Se você se comportar discretamente e não incomodar os moradores, eles vão fechar os olhos. Aqui é importante manter o seu acampamento o mais pequeno possível. Se você passar a noite em uma barraca ou em seu campervan isso geralmente não é um problema. No entanto, se você der a impressão de que deseja acampar por um longo período de tempo, as autoridades virão até você mais cedo.

Escolha a região certa
Em zonas turísticas como Lisboa ou o Algarve, no sul do país, o campismo selvagem é rigorosamente controlado. No norte, no entanto, há extensas áreas que são quase desabitadas e onde os agentes da lei gostam de olhar para o outro lado. Especialmente nas montanhas e regiões vinícolas você vai encontrar quase intocada a natureza e não tem quase nada a temer. Há também praias onde você pode acampar.

10 fatos interessantes, bizarros e engraçados sobre Portugal

O país mais ocidental da Europa não é apenas conhecido pelas suas belas praias e aldeias idílicas. O Vinho do Porto de Portugal é também popular em todo o mundo. E é claro que todos sabem que Portugal é o desporto nacional, mesmo que só tenham conseguido celebrar um sucesso internacional até agora. Mas sabia que Portugal é também a casa da livraria mais antiga do mundo? Ou que esta é a ponte mais longa da Europa? Como encontrou alguns factos sobre Portugal para ter uma melhor visão geral do país?

Fato #1 - Capital da América do Sul
Hoje a capital portuguesa é Lisboa. De 1808 a 1821, porém, a cidade brasileira do Rio de Janeiro foi a capital oficial de Portugal. A razão para isso foi o vôo do então rei para a colônia Brasil.

Fato #2 - O Tea-Time Britânico vem de Portugal
Os ingleses devem a sua bebida nacional aos portugueses. Catarina de Bragança trouxe a sua bebida favorita para a ilha depois do seu casamento com o rei inglês Carlos II.

Fato #3 - Livraria
A livraria mais antiga e ainda aberta do mundo pode ser encontrada em Lisboa. A Livraria Bertrand foi inaugurada em 1732 no distrito do Chiado e está no mesmo local desde então.

Fato #4 - A aliança mais antiga
Portugal tem a mais antiga aliança diplomática da Europa. Em 1373 Portugal entrou numa aliança com a Inglaterra, o Tratado de Windsor. Nele, os países se asseguraram da eterna cooperação econômica e militar.

Fato #5 - Tempos de construção
A Igreja de Santa Engrácia é a igreja com o maior período de construção do mundo. Quanto tempo? 285 anos. A primeira obra começou em 1681 e foi concluída em 1966.

Fato #6 - Monsanto
Estamos a falar da aldeia em Portugal e não da empresa dos Estados Unidos. A Monsanto foi eleita "a aldeia mais portuguesa de Portugal" em 1938.

Fato #7 - Terramoto
Em 1755, Lisboa foi atingida por um grave terramoto. Chegou aos 9 na escala de Richter e é um dos piores terramotos da Europa. Quase 85 por cento dos edifícios foram destruídos.

Fato #8 - Comprimento da ponte
A ponte mais longa do mundo está em Portugal e mede 17,2 km. A Ponte Vasco da Gama foi concluída em 1998 após três anos de construção e foi construída para a Exposição Mundial da Expo 98.

Fato #9 - A onda perfeita
A maior onda alguma vez surfada foi ao largo da costa da Nazaré. Tinha uma altura de 23,77 m e foi conquistada por Garrett McNamara.

Fato #10 - Escravidão
Portugal foi o primeiro país europeu a participar no tráfico transatlântico de escravos. Foi também a primeira potência colonial a abolir a escravatura.

Subscreva a nossa newsletter!

Registre-se para uma conta

pelo menos 6 caracteres longos